Αναζήτηση αυτού του ιστολογίου

Κυριακή, 29 Ιουλίου 2018

Uma das coisas pequenas interessantes que você observa no Monte Athos:



Uma das coisas pequenas interessantes que você observa no Monte Athos: a comida de jejum é absolutamente rigorosa, inclusive nos dias em que não pode nem óleo.
Porém, nada disso é sinônimo de comida ruim. É tudo saboroso, bem temperado e nutritivo. Não há excesso de comida, mas também não é a porção de passarinho que alguns pensam ser. É um prato cheio, sem fazer montanha e sem repetir. Tem sobremesa (também seguindo o jejum) e pão e água complementam se ainda ficar alguma fome, mas, vale dizer, não fica. Certamente não é comida de dieta. Se não houvesse as regras de não repetir, a pessoa poderia facilmente ganhar peso mesmo com a comida dos dias mais restritivos.
Eu acho muito significativo. A analogia com a vida de ascese é evidente. É uma vida sim com muitas restrições, especialmente comparadas à nossa época e sociedade que celebram a abundância e os prazeres como fonte de alegria. Mas essas restrições não são de modo algum tristes, masoquistas, desleixadas ou auto-sabotadoras. Nutrem, estimulam o paladar na medida certa e satisfazem sem entupir.

Nossos hábitos alimentares certamente não definem quem somos, mas podem nos inspirar a entender melhor algumas coisas a respeito da vida.

Δεν υπάρχουν σχόλια: